Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Substituída

Já se sentiu, substituída? Por alguém, bem melhor do que você? Ja se sentiu, um lixo? Teve nojo de si mesma?
Vontade extrema de se afastar, de tudo e todos e sumir. Desaparecer, e ver quem realmente vai correr atrás. Vontade de sair por ai, pedindo abraços, porque a solidão aqui dentro, já tá ficando mais que insuportável, querendo, um carinho, uma palavra, querendo atenção! Querendo, ter um amigo, apenas um. Mas que não me abandone, depois de ter ouvido todos os meus desabafos, e meus motivos supérfluos. Um que não me julgue por eu apenas querer viver numa realidade, bem utópica, onde eu mesma, me machuco, com tudo que meu peito grita. Um amigo, que não me troque, quando alguém melhor aparecer. Somente isso. Só isso.

Outra vez, não !

Ontem a lua tava linda... mas você não estava comigo, pra aprecia-la. E na verdade, eu acho é que você não queria está comigo, nem ontem, e nem hoje, e talvez, quem sabe, até amanhã também não.
Por um lado, tudo isso machuca... essa sua indiferença, e me tratando como segunda opção. Não quero ser mais uma, não quero ser apenas mais uma da sua lista. Eu quero ser a única. A que vai ser mãe dos teus filhos... Mas isso não depende só de mim. E ai, é quando mais dói. Já me iludi tanto com pessoas que me prometeram tudo isso... E derrepente, todas elas não passaram de uma imaginação minha. De promessas feitas da boca pra fora, com a intenção de me entorpecer de tanto sonhar. E a idiota aqui, caiu em todos os contos de fadas que tais pessoas contavam pra ela. E quando o tempo passou, e a primeira dificuldade apareceu, todos sumiram, e a deixaram mais uma vez! É difícil amar, novamente, quando se tem o coração partido por várias outras pessoas. O medo acaba tomando lugar da confiança, e tud…