Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

Última vez.

Liguei o not, e coloquei uma música pra tocar, milhões de coisas passavam pela minha cabeça, era dia 11 de agosto, o dia, que faríamos um ano e três meses juntos. Eu estava arrasada, mas mantive a pose de pessoa feliz. Sorri, e me mantive bem, o máximo que pude. Até evitei lembrar de você, das nossas risadas, e das conversas sobre a vida que tínhamos, entre tantos pensamentos, e conversas comigo mesma, o cantor da banda que eu ouvia, disse: "Responde agora, depois de tanto tempo fora, o que sobrou de nós?".  Essas palavras, perfuraram minha alma, eu bem sei, que não sobrou nada. De todos os planos, de todas as datas marcantes, as loucuras, os carinhos, os passeios... Não sobrou nada. Só sobrou mesmo... a saudade. Ah, maldita saudade, como seria bom, se pudesse coloca-la dentro de uma caixinha, e manda-la de volta, ao remetente! Sei bem que nem meu nome, você deve lembrar, sua vida já está refeita, e eu juro, que estou tentando colocar minha vida no lugar. Arranjei um emprego…