Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2012

Medo.

Eu não sei brincar de amar, se eu amo, eu amo pra valer. E talvez esse seja meu pior defeito.
As pessoas não se importam mais, para o que você sente. Somos feitos de carne e osso, mas temos que viver como se fossemos feitos de ferro.
Somos usados como passa-tempo ou até mesmo diversão, sem nem ao menos o outro se tocar, que também temos sentimentos e emoções. Pisam, ignoram, excluem, mentem, iludem e isso dói. Machuca muito. E as vezes nem o tempo cura, de tão profundo que fica a ferida. Sentimento, não é brincadeira, não se pode brincar com o que o outro sente, porque o tamanho do amor, e da dor, só ele pode saber. Então eu peço, na verdade eu imploro: Faça tudo o que quiser, só não brinque com meu coração. Por que pra mim, ele é uma granada. E eu já dei essa granada pras pessoas erradas que a deixaram cair e a mesma explodiu. Hoje eu a refiz, eu só não quero que ela caia novamente... porque talvez, não seja capaz de refaze-la de novo.