Pular para o conteúdo principal

Novidade.

Noooooosssaaaa, quanto tempo eim diárinho virtual? rs, venho contar hoje pra vocês como eu estou. Acho que me encontro no equilíbrio da vida, continuo solteira, troquei de emprego, e estou atrás de mais um, assim vou trabalhar em dois empregos e aumentar minha renda mensalmente pra ajudar em casa com as despesas. Não pretendo me apaixonar esse ano, e acho que ano que vem também não hahahahaha, tive umas experiencias esse ano super chatas, mas acho que faz parte da vida de todos, principalmente da minha. KKK,
Bom, não sei bem dizer se estou feliz, mas sei que tenho vivido um dia de cada vez... Tem dias felizes, dias tristes, dias de altos e baixos. Não da pra ser feliz 24 hrs, nem triste também. Fiz amizades novas com uma galera firmeza, parei de falar com pessoas que nunca imaginei me afastar antes. Confesso que muita coisa está mudando de lugar ultimamente...
 Já escolhi minha profissão! Serei professora de filosofia, combina comigo? hahahaha, pensei em psicologia, enfermagem, artes cênicas e blablabla. Essa parte do que fazer do meu futuro pra ganhar dinheiro, ainda to meio confusa, não vou mentir! Mas até julho, eu me decido! To pensando também em pintar o cabelo mais uma vez... sabe, eu preciso parar de descontar no meu cabelo todas as minhas decepções na vida. Já raspei, cortei, pintei, pintei, e raspei de novo, e cortei, logo logo, eu hei de ficar careca se eu não der um stop!
Eu emagreci um kg! Agora peso 62 kg. Acho até que cresci alguns centímetros. Enfim 17 anos, e daqui alguns meses, 18! O que eu vou fazer sendo maior de idade? (Pensamentos: CAAARAAACA VOU COMPRAR UM CARRO, FAZER UMA TATTOO, PULAR DE BANG-JUMP, VOAR DE ASA-DELTA) SQN, SQNUNCA COM 18 KKK Vou procurar minha faculdade, trabalhar e ver se faço algumas viagens pelo mundo. Começando pelo brasil claro. Quero ir pro ceará com minha mãe e minha irmã... Elas merecem férias, afinal, elas vivem cuidando de mim! KKK, sim, eu costumo dar trabalho, se não fossem essas mulheres na minha vida, acho que eu já teria cometido suicídio!
Meu sobrinho nasceu, é uma criancinha linda! Hoje está com 4 meses, se chama Arthur, é a cara do meu irmão, mas tem alguns traços da minha cunhada. Estamos vivendo bem. Acho que hoje sou mais agradecida do que ontem, e vejo que minha família é extremamente maravilhosa.
Andei brigando com meu pai kk, mas quando se há muito amor, tem que ter um pouquinho de treta né?! Ah, eu amo meu pai, mesmo com nossas briguinhas pelo controle da TV. Pois bem querido blog, vim mesmo só pra atualizar, bateu saudade sabe? Não to afim de falar nada triste ultimamente. O meu passado melancólico, morreu! E toda aquela Alessandra deprimente também! Hoje, é nova história! Prometo aparecer mais vezes.  Beijinhos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vou ficar bem.

Hoje doeu, tem doído até agora.
Ver que seu melhor não foi o suficiente não é algo normal de se superar. Eu to tentando. Juro que to!
As músicas que me machucam eu estou tentando ouvir menos... Você parece não se importar, está concentrado em sua vida e na quantidade de garotas que devem estar aos seus pés agora.
Pois é. Acho que acabamos. Não foi por falta de amor. Não da minha parte.
Tivemos muitas brigas, você era óleo e eu água, eu me esforcei ao máximo que pude pra tentar não brigarmos mais, mas você já estava cada vez mais, mais longe de mim... Mais distante, mais ausente da minha vida... Deve ter conhecido outra garota! Uma menos problemática, menos ansiosa, menos dramática, menos sentimental, uma garota... menos eu.  Menos tudo o que eu sou.
Sinto muito, por eu sentir muito. Sério, eu também não queria ser assim! É chato, é ruim, me corrói, me dói! Me destrói aos poucos...
Boatos dizem que você me traiu. Não sei bem o que lhe faltou, acho que a culpa não foi minha. Eu fiz de u…

6 anos.

Olá querido blog, resolvi aparecer pra comemorar os 6 anos da sua existência.
Há 6 anos me sentia sufocada com todas as palavras que não conseguia colocar para fora. A única forma que encontrei de me sentir um pouco melhor, foi escrevendo... Foi colocando aqui, cada pedacinho de mim que havia se quebrado, se partido, se rompido...
Hoje estou inteira! Não preciso de mais ninguém, se não apenas de mim. Aprendi que se cai sete vezes, mas se levanta oito. Ainda não levo jeito pra despedidas e nem pra pontos finais, mas já não demonstro tanto meu interesse pra que a pessoa fique. To aos poucos me adaptando a essa nova fase de largar a intensidade, a ansiedade, o querer 100%. Sofri traumatismos cranianos minha vida inteira por mergulhar de cabeça em pessoas rasas, superficiais, e até sem sentimentos.. Pois é, ainda não sei se foi eu quem sempre senti demais, ou se sempre foi o resto do mundo quem sempre sentiu de menos.
Não vou mentir, ainda sou sensível, ainda sou um poço de ingenuidade qu…

Maldito.

E hoje foi mais um dia daqueles. Seria bom se só estivesse frio da porta pra fora. Chorei meados de uns longos 30 minutos. Coloquei pra ouvir a música mais triste que me veio na mente. O vazio me consumiu por inteira. Não resta mais nada aqui. Nada, além de uma doce saudade... Saudade dos teus olhos, das tuas mãos, do teu ser. Se eu não fosse tão louca, talvez, se eu não fosse eu... você teria ficado. Poderia ter ficado mais dez minutos ou então mais alguns dois ou três meses... Ta faltando uma parte de mim. Me sinto incompleta. O grito do silêncio tem estado no último volume que consegue atingir. A solidão me assola. Fui soterrada por tudo aquilo que queria falar, e não falei. Malditas, palavras não ditas. Maldita confusão de sentimentos. Maldito sorriso falso. Maldito coração em pedaços.